Animação francesa vence na 43ªEdição do CINANIMA
Lorem ipsum

“RIVIERA”, de Jonas Schloesing conquista o Grande Prémio CINANIMA 2019 – Curtas-metragens/ Prémio Cidade de Espinho arrebata CINANIMA – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho. O filme vencedor da 43.ª edição do Festival, conta a história de uma residência da Riviera francesa, num dia sufocante de verão, à hora da sesta, mostrando o universo dos moradores que se dedicam aos seus hábitos diários, tomam banhos de sol junto à piscina, enquanto dentro da sua sala mal iluminada o Sr. Henriet espia os seus vizinhos.

20 anos depois de em 1999 arrebatar a cerimónia de encerramento do CINANIMA com o seu primeiro filme, Regina Pessoa, é distinguida com o Prémio Especial do Júri com a curta-metragem “Tio Tomás, a contabilidade dos dias”. Mais uma vez Regina Pessoa, realizadora Portuguesa que integra a academia de cinema de Hollywood, arrebata o júri com uma obra num registo muito pessoal e que parte das suas memórias pessoais e visuais, fazendo uma homenagem à sua família e raízes.

Na competição internacional, foram ainda atribuídos os seguintes prémios:

Prémio para a Melhor Curta-metragem Até 5 minutos: “Mancha”, de Donato Sansone (França). Menção Honrosa: “Maestro”, do Colectivo Illogic (França).

Prémio para Melhor Curta-metragem de mais de 5 até 24 minutos: “A Luz Mais Escura”, de Andrea Bonetti (Itália). Menções Honrosas: “Homem Caracol”, de Jaebeom Park (Coreia do Sul); “Purpleboy”, de Alexandre Siqueira (Portugal) e “Coeur Fondant”, de Benoît Chieux (França).

Prémio para a Melhor Curta-metragem de mais de 24 a 50 minutos: “Mind my mind”, de Floor Adams (Holanda).

Prémio para o melhor Documentário: “Sangro”, de Tiago Minamisawa, Bruno Castro e Guto Br, (Brasil)

Prémio para o Melhor Filme de Estudantes: “Filha”, de Daria Kashcheeva (República Checa). Menção Honrosa: “O meu estranho irmão mais velho”, de Júlia Orlik (Polónia).

Grande Prémio CINANIMA 2019 - Longas-metragens: “A Cidade dos Piratas”, de Otto Guerra (Brasil).

Prémio do Público: “Memorável”, de Bruno Collet (França)

Na competição nacional foram galardoados os seguintes trabalhos:

Prémio António Gaio – Melhor Filme na Competição Nacional: “Nestor”, de João Gonzalez. Menções Honrosas: “Tio Tomás, a contabilidade dos dias” de Regina Pessoa e “O peculiar crime do estranho Sr. Jacinto” de Bruno Caetano.

Prémio Jovem Cineasta Português:

- Na categoria até 18 anos - “Dependências Não Convencionais”, realizada pelo coletivo de alunos do CEPAM. Menção Honrosa: “Os Chapéus de Pessoa”, realizado pelas Crianças das Oficinas do Anilupa.

- Na categoria mais de 18 anos - “A Mãe de Sangue” produzido e realizado por Vier Nev.

Menção Honrosa: “Dentro de Mim”, realizado por Maria Teixeira.


A 44ª edição do CINANIMA terá lugar de 9 a 15 de Novembro 2020.

Notícias Relacionadas

Image
Image
Image
Programa 2019

Subscreva a nossa newsletter

Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Subscreva a nossa newsletter